Páginas

sábado, 31 de outubro de 2009

LARRY CARLTON - GREATEST HITS RERECORDED - Original Release Date: June 1, 2008



Greatest Hits Rerecorded
Larry Carlton (Artist)

Audio CD (September 4, 2007)
Number of Discs: 1
ASIN: B001F0TN66


Larry Carlton - Greatest Hits : Rerecorded Volume One (2008)

Jazz, Fusion, Smooth Jazz
MP3 192 kbps
50:55 min - 70 MB
Label: 335 Records
Original Release Date: June 1, 2008


"Própria história de Larry Carlton musical começou no sul da Califórnia. Ele pegou a sua primeira guitarra quando tinha apenas seis anos de idade. Ele foi apresentado ao jazz na escola secundária ouvidas as Gerald Wilson álbum de Big Band, Moment of Truth, com o guitarrista Joe Pass. Larry então se interessou por Barney Kessel, Wes Montgornery e do lendário guitarrista de blues BB King. Saxofonista John Coltrane também foi uma grande influência sobre Carlton, começando com 1962 Coltrane Ballads clássico.
Carlton álbuns mais recentes incluem duas versões, em 1996, GRP Records, Presente e With a Little Help from My Friends. Suas gravações incluem: Colecção de 1990 e 1992 do Kid Gloves para o mesmo rótulo, Tocando / Cantando (1995, Edsel), e Renegade Gentleman, um lançamento de 1993, GRP.
Apesar da tragédia que foi impingido sobre ele no final dos anos 80 depois que ele foi baleado por arma-wielding infiéis, arrastando-o através de um longo e tenebroso período de internação e de reabilitação, a saída Carlton's ao longo dos anos tem sido constante durante os anos 1980 e 1990. Carlton parece ter abrandado sua agenda de shows um pouco, mas certamente não a sua agenda de gravação. Sempre feliz encontro com a imprensa, Carlton tem uma personalidade doce e pacífico, e pode-se ouvi-lo em seu original, rítmicas, acordes de guitarra quentes e tons de toque da guitarra.

Tracklist:
01. All In Good Time 7:03
02. Room 335 7:20
03. Smiles and Smiles to Go 4:11
04. Hello Tomorrow 5:56
05. High Steppin 5:54
06. Kid Gloves 4:22
07. RCM 5:29
08. Red Hot Poker 4:15
09. Terry T 6:46

LINK: http://avaxhome.ws/music/larrycarlton2008.html


**********************************************************************************

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

WHISKY A GO GO: é um clube noturno de West Hollywood, Califórnia.CA


Cream – 1967 – Live at Whisky A Go Go


WHISKY A GO GO

O Whisky a Go Go é um clube noturno de West Hollywood, Califórnia, na 8901 Sunset Boulevard em Sunset Strip. É por vezes catalogada como a primeira discoteca dos Estados Unidos.

Embora o clube seja rotulado de discoteca, também tem por vezes actuação de bandas ao vivo. Artistas como The Byrds, Alice Cooper, Buffalo Springfield ou Love actuaram algumas vezes, e os The Doors chegaram a ser a banda da casa, até serem despedidos por tocarem a canção The End. Outros artistas incluem Them, Mothers of Invention, Jimi Hendrix, Otis Redding, The Turtles, Neil Diamond, The Kinks, The Who, Cream, Ramones, Led Zeppelin, Roxy Music, Oasis, The Police e Metallica.


WHISKY A-GO-GO SHOW LIST 1966-1970
Whisky A-Go-Go se tornou o principal ponto de encontro de músicos e descolados em Hollywood na década de 1960. Johnny Rivers foi a primeira sensação de sair do clube, logo após a sua inauguração (em 11 de janeiro de 1964), que é quando o clube inicialmente começou toda a "tendência" de ter uma mini-saia dançando menina acima da multidão em uma gaiola. De alguma forma, o Whisky se tornou o lugar da moda para as bandas a tocar.



O Whisky sempre tinha duas ou três bandas tocando, mas eles não eram sempre cobradas. Muitas vezes as bandas bandas faturados foram simplesmente local, mas sendo Hollywood e tudo mais, às vezes não faturados grupos locais atuando como a banda da casa tornou-se imensamente famoso. Bandas de todos aparentemente tem escala da União, independentemente do seu estatuto. Às vezes, as bandas de bico não poderia fazê-lo, e outra banda, foi substituído. Enquanto isso é comum em casas noturnas, o que era incomum sobre a Whisky foi que a banda substituindo poderia ser tão bom ou melhor, e possivelmente ainda mais conhecida do que a banda estava substituindo. Estas listas são geralmente de propagandas, e às vezes se sobrepõem ou conflito com outros desempenhos por estes grupos. Não era incomum para um grupo a ser reservado para uma semana no Whisky e depois pular uma noite para uma maior atuação. Parece que o uísque era abrir seis ou sete noites por semana, com grupos locais de jogar quando não um bem conhecido foi faturado.


Eu incluí algumas notas sobre os altos linha específica de cada grupo no momento em que jogou, e algumas observações interessantes sobre alguns dos grupos menos conhecidos, mas eu não tentou retransmitir todos os fatos sobre cada grupo, principalmente com relação às gravações. Eu assumi que qualquer interessado nesse tipo de lista não precisa de uma cartilha sobre Janis Joplin e Led Zeppelin.

Obrigado a todos que contribuíram e comentou sobre essa lista. Mais especialmente, o detalhe ea precisão desta lista não seria possível sem as contribuições formidáveis por Jerry Fuentes e Skobac Mark (e uma mensagem para fora a John Einarson, Biasotti David, Warburton Nick, Brian Williams e, claro, Ross Hannan). Esta lista representa o melhor de meu conhecimento no momento. Todos os acréscimos, correções e idéias vindas. (Corry Arnold - Chapel Hill, NC junho 2009).
LINK PARA RELAÇÃO DOS SHOWS -WHISKY A-GO-GO SHOW LIST 1966-1970
http://www.chickenonaunicycle.com/Whisky-A-Go-Go%20History.htm


WHISKY A-GO-GO SHOW LIST 1971-1975

A maior parte da nossa investigação tem incidido na identificação de atores no Whisky A-Go-Go, de 1966 a 1969. A lista de intérpretes, com comentários, pode ser visto em nossa página principal Whisky. No entanto, graças à awesomeness de Marc Skobac, temos uma lista de programas anunciados para a maioria de 1971 a início de 1975, quando o Whisky mudou de formato. Os shows estão listadas aqui, sem comentários, exceto quando houver. Esta lista é compilada na maior parte das propagandas. Como sempre com o Whisky, acréscimos e cancelamentos de última hora são comuns, portanto, algumas listas, aqui, não estará de acordo com as informações conhecidas sobre a carreira de uma banda.

Além disso, creio que o Whisky estava aberto toda a noite, com música ao vivo tocando quase continuamente, de forma menor de bandas conhecidas foram regularmente a jogar no clube, mesmo se eles não foram anunciados. Em particular, quando o ato é apenas uma lista, eu tenho todos os motivos para supor que, pelo menos, uma outra banda também estava tocando naquela noite. Para noites quando nenhum ato foi anunciado, eu assumi que o clube estava aberta e alguém estava jogando, mas não tenho informações atualizadas sobre os artistas. Qualquer pessoa com correções, insights, acréscimos ou memórias (real ou imaginária) é encorajado a contactar-nos.

Para obter atualizações adicionais, consulte o Prosopography Rock 101 Blog(http://rockprosopography101.blogspot.com/ e olhar para a marca "Whisky". (Corry Arnold - Chapel Hill, NC outubro 2009 ).
WHISKY A-GO-GO SHOW LIST 1971-1975
http://www.chickenonaunicycle.com/Whisky-A-Go-Go%201971-1975.htm

URL do MySpace:

www.myspace.com/whiskyagogo


Whisky A GO GO.com - VALET PARKING IS AVAILABLE, BEHIND THE WHISKY. PLEASE USE THE CLARK ... THE WORLD FAMOUS WHISKY A GO-GO 8901 Sunset Boulevard West Hollywood, CA 90069 ... www.whiskyagogo.com/whiskysite/home_fs.html -

doors1966     Formato do arquivo: Desconhecido - Ver em HTML

May 23: Whisky A Go Go - Opening Night - 8901 Sunset Strip, West Hollywood, CA Tue. May 24 - Fri. 27: Whisky - Opening for Captain Beefheart & Buffalo ... www.doorshistory.com/doors1966



The Police 2007 - Whisky a go go - Part 01 - Message in a bottle
********************************************************************************
Este e outro lugar que entra para a historia, garanto que se voçe olhar em sua coleção vai ter muitos shows gravados no WHISKY A GO GO, e com esta lista voçe vai querer achar muitos outros show, vamos a luta que tal ter uma coleção de gravaçoes deste lugar acho que seria muito legal.
***********************************************

MOTT THE HOOPLE - Rock, glam rock, hard rock - Years active 1969 – 1974 - 2009 - present


MOTT THE HOOPLE


Origin Herefordshire, England

Genres Rock, glam rock, hard rock
Years active 1969 – 1974 -
2009 - present
Labels Island (UK), Atlantic (U.S.), CBS, Columbia
Former members
Ian Hunter – born Ian Hunter Patterson, 3 June 1939, Oswestry, Shropshire, England – vocals, guitar, piano (1969–1974)
Mick Ralphs – born Michael Geoffrey Ralphs, 31 March 1944, Hereford, Herefordshire, England – guitar, backing vocals, keyboards (1969–1973)

Verden Allen – born Terrence Verden Allen, 26 May 1944, Woodland Road, Crynant, Neath, Wales – organ, backing vocals (up to 1972)

Pete Overend Watts – born Peter Watts, 13 May 1947, Yardley, Birmingham, England – bass guitar, backing vocals, guitar (1969–1976)

Dale "Buffin" Griffin – born Terence Dale Griffin, 24 October 1948, Ross-on-Wye, Herefordshire, England – drums, backing vocals, percussion (1969–1980)
Ariel Bender – born Luther James Grosvenor, 23 December 1946, Evesham, Worcestershire, England – guitar, backing vocals (1973–1974)
Morgan Fisher – born Stephen Morgan Fisher, 1 January 1950, Middlesex Hospital, Fitzrovia, West London, England – keyboards, backing vocals (1973–1980)

Mick Ronson - born Michael Ronson, 26 May 1946, Hull, East Riding of Yorkshire, England – guitar, backing vocals (1974)

Mick Bolton - born Michael Bolton, 20 December 1948, Wigan, Lancashire, England - Hammond Organ, Yamaha keyboard, backing vocals (1973)

Mott The Hoople. Roll Away the Stone - TOTP 1973

Mott the Hoople foi uma banda inglesa de glam rock de Herefordshire dos anos 70, e que tinha também forte influência de R&B. Eles são conhecidos pela canção "All The Young Dudes", escrita para eles por seu fã, David Bowie. A canção foi utilizada recentemente no filme "Juno".

Os primeiros anos

Mott The Hoople pode ser atribuída a duas faixas de batida de Herefordshire no início dos anos 1960. O Soulents eram de Ross-On-Wye, e impulsionou Pete "Overend" Watts na guitarra, e Dale "Buffin" Griffin na bateria. O Amigos foi de Hereford, e contou com Mick Ralphs na guitarra e nos vocais Tippins Stan. Em 1966, Ralphs, Tippins, e Watts (o último agora no baixo) se juntaram em uma banda chamada The Doc Thomas Group, e logo conseguiu uma residência em um clube em uma cidade turística, na Itália. O grupo foi oferecido um contrato de gravação com o selo italiano Dischi interregistro, e lançou um álbum homônimo, em janeiro de 1967. Em 1968, o baterista Dale Griffin e organista Verden Allen se juntou à banda.
Embora o grupo excursionou e gravou na Itália como o Thomas Doc grupo, seus shows no Reino Unido foram jogados sob o nome de The Sound Shakedown, e mais tarde como o silêncio. Silence demos gravadas em Rockfield Studios em Monmouth, País de Gales, que foram comprou a EMI, Polydor, imediata e Apple sem sucesso. O grupo chamou a atenção de Guy Stevens da Island, que gostou do grupo, mas não com Tippins como vocalista. Propagandas foram colocadas ( "Singer queria, deve ser a imagem de espírito e com fome") e Ian Hunter acabou por ser escolhido como vocalista e pianista. Tippins assumiu o papel de gerente da estrada .
Enquanto estava na prisão em 1968, Stevens descobriu o romance Willard Manus, Mott the Hoople, (McGraw-Hill, Nova Iorque, 1966) (Mott the Hoople - de Willard Manus - 2001 - 230 páginas books.google.com.br -)  e prometeu encontrar uma banda para coincidir com a alcunha . When Silence fez o teste para Stevens no início de 1969, Eles relutantemente concordou em mudar seu nome.  O livro é sobre um excêntrico que trabalha em um show de horrores do circo.
Seu álbum de estréia, Mott the Hoople (1969), que foi gravado em uma semana,  foi um sucesso cult, e seu repertório incluía versões cover de "Laugh at Me" (Sonny Bono), e uma cover instrumental de "You Really Got Me "(The Kinks).

O segundo álbum, "Mad Shadows (1970), apresenta Mott the Hoople como hard rock, mal gravado, hippies Boggie. Mad Shadows apresenta uma squeaky bumbo que é quase impossível não ouvir, uma vez que se toma consciência de sua presença. O disco vendeu mal e recebeu críticas negativas. Vida Selvagem (1971) foi ainda pior, e flertou com um país abertamente postura hippie e, consequentemente, (geralmente instrumentação) acústico. Em 10 de outubro de 1970, Mott the Hoople e Bridget St John foram exibidos na BBC Two's, Disco 2 . Mesmo que o grupo estava construindo uma sequência decente, Brain Capers (1971) não conseguiu vender bem. A nadir ocorreu no início de 1972 quando, em quarto reservado locais taxa Europeu, decidiram se separar depois de um show particularmente sombrio em um suporte de gás fora de uso na Suíça . Quando combinado com uma turnê pelo Reino Unido abortada com a Lothringers, a banda foi perto de quebrar-se.

The glam years
David Bowie tinha sido há muito tempo um fã da banda, e ouviu de Watts que eles estavam prestes a dividir.  Ele convenceu-os a ficar juntos e ofereceu-lhes "Suffragette City" de seu então ainda a ser lançado Ziggy Stardust album . Eles recusaram. Bowie também tocou "All the Young Dudes" para eles, e se tornou seu maior hit.  4 Lançado como single em Julho de 1972, [], foi um sucesso no Reino Unido, com a banda usando Tippins - que por este tempo era o seu gerente de turnê - para fazer backing vocals no show. A Bowie produziu o álbum, também chamado de All the Young Dudes, vendeu bem, mas estagnou em # 21 no UK Albums Chart . No final de 1972 eles estavam indo para gravar outra música Bowie, "Drive-In Saturday" , mas a sua disposição se não o satisfez e sua relação profissional terminou eficazmente. Outro acidente na esteira do All the Young Dudes foi Verden Allen, que saiu antes do lançamento de seu próximo álbum, Mott .
Mott entrou no Top 10 da UK Albums Chart , e tornou-se best-seller da banda até à data, os E.U. Usando a mania de glam rock como sua plataforma de lançamento, a banda straddled o fosso entre o mercado teen pop-e circuito universitário. Ele rendeu dois sucessos do Reino Unido, "Honaloochie Boogie" e "All the Way from Memphis" , ambos com Andy Mackay de Roxy Music no saxofone. "All The Way From Memphis" também é destaque no filme, Alice Doesn't Live Here Anymore.

Nova popularidade Mott the Hoople encontrou finalmente ajudou a levar a ruptura da banda-up, talvez ajudado por uma exposição no New Musical Express de papel Tippins 'cantando o refrão de "All the Young Dudes", a partir de um microfone escondido nos bastidores.  Em maio de 1973 após a saída de Verden Allen, a banda foi aumentada por dois tecladistas. Ex-Love Affair e membro Morgan Morgan Fisher entrou como tecladista  e Mick Bolton aderiram em Hammond Organ. Bolton deixou no final de 1973 e foi substituído na turnê por Blue Weaver, enquanto Fisher ficou a se tornar seu pianista permanente. Ralphs saiu em agosto de 1973 para formar o Bad Company e foi substituído pelo ex-guitarrista do Spooky Tooth Luther Grosvenor.  Por razões contratuais, ele mudou seu nome para Ariel Bender por sugestão do cantor e compositor Lynsey De Paul para sua passagem com a banda .
No crepúsculo da The Hoople (1974), um álbum ao vivo Live foi rapidamente liberado, após o qual Mick Ronson passa Bender.  O fim estava próximo quando ambos Hunter Ronson e deixou o grupo para formar um duo. Ray Major e Nigel Benjamin foram adicionados para continuar o grupo, que abreviado o seu nome para 'Mott' .

Em 1974, para a sua turnê da América, Mott the Hoople foram apoiadas pela banda Queen. Este passeio mais tarde forneceu a inspiração para o Queen's 1975 single "Now I'm Here", que contém a letra "Down na cidade, apenas Hoople e eu." A canção se tornou um dos favoritos ao vivo de fãs do Queen e alcançou # 11 no UK Singles Chart . A turnê resultou em uma longa amizade entre as duas bandas, com Ian Hunter, Mick Ronson e David Bowie cantando "All the Young Dudes" no Freddie Mercury Tribute Concert em 1992. Morgan Fisher passou a tocar piano em turnê Queen's 'Hot Space' em 1982, e Brian May, Freddie Mercury e Roger Taylor realizada backing vocal na música solo de Ian Hunter: "You Nearly Did Me In". Maio viria a cobrir "Mott's All the Way from Memphis" em seu álbum solo, Another World, com Hunter fazer uma aparição.

Mott the Hoople são o nome do verificado em outros dois singles de sucesso. Reunião's 1974 single, "Life Is a Rock (But the Radio Rolled Me)" começa com a letra, 'BB Bumble e os Stingers, Mott the Hoople, Ray Charles Singers ...'. Considerando que, do REM, "Man on the Moon" begins with 'Mott the Hoople and the Game of Life, yeah, yeah, yeah, yeah...'
Também o nome verificado por Daniel Johnston e coberto por K. McCarty sobre a canção "Life"  sobre o ex-álbuns Songs of Pain (1981), Early Recordings Volume I (2003), descobriu bruta (2004), e no último Dead Dog's globo ocular, ... embora pronunciado "Hopple" - emparelhamento com Doris Day e rimando com "unlikely couple".
Hunter escreveu o livro Diary of a Rock'n'Roll Star, sobre o dia-a-dia na turnê da banda de Inverno de 1972 os E.U., cobrindo os altos e baixos da vida na estrada.  Foi publicado 18 meses mais tarde, em Junho de 1974 foi fora-de-impressão para muitos anos, mas está disponível atualmente.

Mott the Hoople,David Bowie, Mick Ronson, Queen - Freddie Mercury tribute

The post Hunter years
Esta formação lançou mais dois álbuns, Drive On (1975) and Shouting and Pointing (1976),  ambos os quais venderam mal . Nigel Benjamin Depois de sair em 1976, Mott acrescentou John Fiddler (ex-Chefe de Medicina) e se tornou Lions britânicos em 1978, mas eles logo se dividiu, bem como, da mesma forma, sem qualquer sucesso nas paradas. Hunter e Ronson trabalharam juntos esporadicamente e viajou até a morte Ronson em 1993 . Hunter continuou sua carreira solo.

Em 16 e 17 de Abril de 1999, a primeira e única Mott 'The Hoople convenção foi realizada no Robin Hood Pub em Bilston, Wolverhampton, na Inglaterra. Hunter e sua banda tocou duas noites da convenção. Durante o bis da performance do Ian Hunter Band 17 de abril, Hunter foi acompanhado no palco por Bender e Allen para uma versão de "Walkin 'With A Mountain"; Allen realizada na versão de estúdio original da canção, enquanto Bender realizada durante um solo prorrogado performances da canção em Mott The Hoople's 1973-74 passeios.
Em 1996, K-tel lançou um CD chamado The Best of Mott the Hoople pretensamente regravações de hits da banda e músicas novas de Hunter e Ronson. Na atualidade, a gravação foi por Danny McCulloch e Chapman Gerry (geralmente decorre sob o nome da banda de The Trybe), constituído de versões de hits de rock pesado Mott e canções originais, e não tinha nada a ver com o original Mott the Hoople . K-tel foram subsequentemente multado pelo fornecimento de bens com uma descrição falsa, mas as faixas e álbuns continuaram a circular, sob o nome Mott the Hoople, muitas vezes aparecendo em álbuns de compilação. Em 2002, as faixas foram liberadas novamente como I Can't Believe It's Not Mott the Hoople!, Embora desta vez, foi creditado na Trybe. Em 2002 e 2004, Ralphs excursionou com Hunter, como parte da banda do último backup.
No Mott the Hoople reunião ocorreu antes de 2009, embora as negociações para um foram tentadas em 1985, todos os partidos têm mostrado algum interesse em vários momentos a idéia, nos últimos 30 anos. Em 2005, foi relatada na publicação Classic Rock, que Hunter tinha recebido a oferta de um número de sete figura para voltar a formar a banda. Em outubro de 2007 no concerto de Hunter no Shepherds Bush Empire, ele foi acompanhado por Ralphs e Allen para o encore.
2009 Reunion

Em 16 de janeiro de 2009, foi anunciado que a banda iria ser re-unir para dois shows no Hammersmith Apollo, em Londres, em outubro de 2009.  Segundo o site de Hunter, os cinco membros originais iria participar na reunião. Hunter escreveu: "Por que nós estamos fazendo isso? Não posso falar pelos outros, mas eu estou fazendo isso só para ver como é. Short de guerra, morte, fome, etc ... it's on." [8 Tickets] para as duas datas originais vendidos para fora, e uma terceira data no mesmo local foi adicionada para 3 de outubro de 2009. Depois que um sold out, bem como outras duas datas foram adicionadas em 5 e 6 de Outubro. O especial de 3 CD limitado conjunto registados durante o primeiro show no Hammersmith Apollo foi vendida logo após a concertos.
Mott The Hoople também realizou um show warmup antes da cinco-night stand, no Hammersmith Apollo, em Outubro de HMV. O show foi realizado no Teatro Blake em Monmouth, País de Gales, em 26 de setembro de 2009. Antes disto é que foi anunciado por causa da saúde debilitada do Buffin, o seu lugar para os concertos seriam tomadas por Martin Chambers, baterista do The Pretenders. A reunião foi favoravelmente comentado pelos principais jornais de formato standard britânico, com o The Guardian, The Times and The Independent awarding 4/5 stars  and The Daily Telegraph awarding 5/5.

Mott The Hoople at Hammersmith 1/10/09 - Roll Away The Stone / All The Young Dudes

Mott The Hoople albums:

Mott The Hoople registrados sete álbuns de estúdio e um álbum ao vivo entre 1969 e 1974. Desde então, qualquer número de compilações foram libertados, e hoje em dia parece que há uma nova versão de algum tipo a cada poucos meses.
Nesta lista, eu tentei compilar todo Reino Unido e liberação E.U. creditados Mott The Hoople. Eu não listados "sampler", discos, etc, que contenham material relacionado com Mott, uma vez que estes geralmente contêm material disponível nesta lista.

Todos, menos dois álbuns na lista ter sido lançado em CD em algum momento ou outro, embora alguns possam ser suprimido. Note no entanto que Chronik Pop e All The Way From Memphis nunca foram lançados em CD.

À procura de uma faixa em particular? Experimente o meu faixa completa-por-faixa do índice, que as referências cruzadas a cada faixa MTH com cada álbum que foi emitido. 
Original releases
This section lists the albums released by Mott The Hoople in their heyday. All have been reissued on CD at one time or another.

Mott the Hoople . 1969 Island (UK)/1970 Atlantic (US). You Really Got Me/At The Crossroads/Laugh At Me/Backsliding Fearlessly/Rock n Roll Queen/Rabbit Foot And Toby Time/Half Moon Bay/Wrath And Wroll/Ohio (live)*/Find Your Way*




 


Mad Shadows . 1970 Island (UK)/1970 Atlantic (US). Thunderbuck Ram/No Wheels To Ride/You Are One Of Us/Walkin' With a Mountain/I Can Feel/Threads Of Iron/When My Mind's Gone/It Would Be A Pleasure*/How Long? (Death May Be Your Santa Claus)*





Wildlife . 1971 Island (UK)/1971 Atlantic (US). Whiskey Women/Angel Of Eighth Avenue/Wrong Side of the River/Waterlow/Lay Down/It Must Be Love/Original Mixed Up Kid/Home Is Where I Want To Be/Keep a Knockin'/It'll Be Me*/Long Red*






Brain Capers . 1971 Island (UK)/1972 Atlantic (US). Death May Be Your Santa Claus/Your Own Back Yard/Darkness Darkness/The Journey/Sweet Angeline/Second Love/The Moon Upstairs/The Wheel Of The Quivering Meat Conception/Midnight Lady*/The Journey*






All The Young Dudes . 1972 CBS (UK)/1972 Columbia (US). Sweet Jane/Momma's Little Jewel/All The Young Dudes/Sucker/Jerkin' Crocus/One Of The Boys/Soft Ground/Ready For Love/After Lights/Sea Diver






Mott . 1973 CBS (UK)/1973 Columbia (US). All The Way From Memphis/Whizz Kid/Hymn For The Dudes/Honaloochie Boogie/Violence/Drivin' Sister/Ballad Of Mott (March 26th 1972 Zurich)/I'm A Cadillac/El Camino Doloroso/I Wish I Was Your Mother






The Hoople . 1974 CBS (UK)/1974 Columbia (US). The Golden Age of Rock n Roll/Marionette/Alice/Crash Street Kidds/Born Late 58/Trudi's Song/Pearl 'n' Roy (England)/Through The Looking Glass/Roll Away The Stone/Where Do You All Come From?*/Rest In Peace*/Foxy Foxy*





Live . 1974 CBS (UK)/1975 Columbia (US). CD1: Intro (Jupiter)*/American Pie - Golden Age of Rock 'n' Roll*/Sucker/Roll Away The Stone - Sweet Jane*/Rest In Peace/All The Way From Memphis/Born Late '58*/One Of The Boys*/Hymn For The Dudes*/Marionette*/Drivin' Sister - Crash Street Kidds - Violence*/All The Young Dudes/Walkin' With a Mountain CD2: Intro (Jupiter)*/Drivin' Sister*/Sucker*/Sweet Jane*/Sweet Angeline/Rose/Roll Away The Stone*/All The Young Dudes*/Jerkin' Crocus - One Of The Boys - Rock n Roll Queen - Get Back - Whole Lotta Shakin' - Violence/Walkin' With A Mountain*


Hammersmith Apollo 2009
CD1: Intro (Jupiter)/Hymn For The Dudes/Rock 'n' Roll Queen/Sweet Jane/One Of The Boys/Sucker/The Moon Upstairs/The Original Mixed-Up Kid/I Wish I Was Your Mother/Ready For Love/Born Late 58/The Ballad of Mott The Hoople/AngelineCD2: Walkin' With a Mountain/Like a Rolling Stone - Laugh At Me - The Journey/The Golden Age of Rock n Roll/Honaloochie Boogie/All The Way From Memphis/Roll Away The Stone/All The Young Dudes/Keep a-Knockin'/Saturday Gigs

LINK PARA TODAS AS INFORMAÇÕES DA DISCOGRAFIA COMPLETA:
http://www.hunter-mott.com/discography/index_albums_mth.html
*****************************************************

ROCK AND ROLL HALL OF FAME 25th Anniversary Concerts: primeira noite 29/10/2009



Epic Moments at the Rock Hall 25th Anniversary Concert

O primeiro dos dois maciços Rock And Roll Hall Of Fame 25 º aniversário shows no Madison Square Garden, não é mesmo mais ainda, e os momentos monumental só se mantêm no palco do famoso local em Nova York. [Update] Depois de seis horas - isso mesmo, seis horas - Bruce Springsteen trouxe o show para um final com uma alma Throwdown on "(Your Love Keeps Lifting Me) Higher and Higher." Volte amanhã para nossos relatórios completos, mas aqui está uma gosto da acção (acompanhar em nossa galeria de fotos do Rock Hall Concerts):
• Jerry Lee Lewis lembra a multidão de rock & roll da década de 50 raízes, estabelecendo-se em menos de um bebê branco grande para a "Whole Lotta Shakin 'Goin' On".
• Crosby, Stills and Nash adicionar outra camada de harmonia perfeita quando James Taylor junta-se "Love the One You're With". Capper A: um temor de muitos solos de guitarra inspirador de Stephen Stills.
Art Garfunkel e Paul Simon perform "The Sound of Silence", "Bridge Over Troubled Water" e "The Boxer" para cheers grande no Rock and Roll Hall of Fame do concerto do 25 º aniversário em Nova York, Madison Square Garden, em 29 de outubro de 2009 .

• Bonnie Raitt junta CSN por seu amor próprio "Has No Pride", e depois diz a imprensa ", voltar atrás no meu catálogo e fazer algo que raramente faço ao vivo foi angelical para mim."
• CSN quebrar em "Midnight Rider" do Allman Brothers no aniversário da morte de Duane Allman. É um momento triste, seguida por outra: Jackson Browne, sobe ao palco para executar "The Pretender".
• Paul Simon convida David Crosby e Graham Nash volta ao palco por uma razão muito especial: homenagear "um querido amigo meu" quem "foi a primeira pessoa a ter um show beneficente aqui no Madison Square Garden - chama-se o Concerto para Bangladesh -- e ele é um homem que eu realmente amava e admirava muito, George Harrison. "A música:" Here Comes the Sun ".
• Paul Simon grita um par de bairros de Nova York, quando ele convida Dion DiMucci e Little Anthony and the Imperials ao palco.

• Paul Simon e Art Garfunkel's vozes se misturam em "Bridge Over Troubled Water". O par jogar seus braços em volta de si, na conclusão de "The Boxer". Will os E.U. ver esta reunião de novo? Garfunkel admite seus últimos shows juntos ", foram uma bela queda de volta juntos novamente", mas eles têm "nenhum desses planos", depois de seu set.
• Stevie Wonder vira uma dificuldade técnica em uma piada hilariante: "Ah, merda ... coisas acontecem, você sabe o que estou dizendo?" E muda seu jogo antes mesmo de ir ao pontapé de saída com um cover de "Bob Dylan Blowin ' in the Wind. "Mais tarde, ele presta homenagem a Michael Jackson com um impressionante" The Way You Make Me Feel ".
• Smokey Robinson emerge de uma capitulação, solta quentes "Tracks of My Tears". Momentos depois, John Legend chega ao palco para prestar homenagem a Marvin Gaye com "Mercy, Mercy Me." Não é suficiente? BB King é o seguinte, ganhando elogios Stevie como "o rei do blues para cada cidade no mundo" com "The Thrill is Gone".
• avanços no palco Sting avançar para o bassline "Higher Ground", e os morphs canção em "Roxanne" e de volta.

• Duas palavras: Jeff Beck. A lenda da guitarra se junta para Wonder "Superstition" e penetra no solo de um outro mundo no contra-ataque, lançando mão nua direita nas cordas e toque de distância.
• Bruce Springsteen atinge o estádio com seu famoso argumento: "Há alguém vivo aí fora?" Ele dá a si mesmo um choque com o convidado Sam Moore, que ele elogia como "uma parte do tempo todos os bandleaders grande."
• Springsteen congratula-se com John Fogerty para "Fortunate Son" e um par de cobre doce: "Proud Mary" e "Pretty Woman".
• The E Street Band fazer seu próprio Wall of Sound como Darlene Love e Bruce junta a gangue de "A Fine, Fine Boy" e "Da Doo Ron Ron". "Nós estamos no Rock and Roll Hall of Fame agora", Springsteen exclama.
• Tom Morello wah-s um osso esmaga-solo em um mind-blowing capa de "London Calling", com a E Street Band que quase supera seus atos heróicos anteriores sobre o "The Ghost of Tom Joad".
• Springsteen oferece um breve discurso e hilariante sobre como Nova Jersey e Long Island foram landmass uma vez conectado, como forma de introduzir último convidado da noite é muito especial: Billy Joel. E Street mantém cranking através de "You May Be Right", "Only the Good Die Young" eo hino da cidade natal Joel "New York State of Mind".
• Seis horas depois de Tom Hanks subiu ao palco para abrir o show, Springsteen traz a casa abaixo com "Born to Run" e relutantemente as folhas após torcer o mais tarde possível "out of" (Your Love Keeps Lifting Me) Higher and Higher. "That's rock & roll!", exclama.
mais fotos link: http://www.rollingstone.com/photos/gallery/30704499/the_rock_and_roll_hall_of_fame_25t

Notícias sobre Epic Moments at the Rock Hall 25th ...


BBC News Epic Moments at the Rock Hall 25th Anniversary Concert ‎ - 10 horas atrás
The first of two massive Rock and Roll Hall of Fame 25th anniversary shows at Madison Square Garden isn't even over yet, and the monumental moments just ...Rolling Stone - 409 artigos relacionados » http://news.google.com.br/news?hl=en&source=hp&q=Epic+Moments+at+the+Rock+Hall+25th+Anniversary+Concert&um=1&ie=UTF-8&ei=lvXqSt2aCsKztgf7opU7&sa=X&oi=news_group&ct=title&resnum=1&ved=0CAwQsQQwAA



********************************************************************************
HOJE TEM A SEGUNDA NOITE
***************************************************

DUANE ALLMAN - Howard Duane Allman (Nashville, Tennessee, EUA, 20 de novembro de 1946 – 29 de outubro de 1971) apelido Skydog


DUANE ALLMAN

Howard Duane Allman (Nashville, Tennessee, EUA, 20 de novembro de 1946 – 29 de outubro de 1971) apelido Skydog foi um notável guitarrista que ousava de uma técnica que consistia em fazer slides usando frascos de remedios como "bottleneck". Foi membro fundador da The Allman Brothers Band (Banda Irmãos Allman) e teve um papel preponderante no álbum Layla and Other Assorted Love Songs interpretando o solo de Layla , nos anos 1970-71, lançado pelo Derek & the Dominos - com Eric Clapton. Recentemente ele foi considerado pela revista Rolling Stones como o 2° melhor guitarrista de todos os tempos atrás apenas de Jimi Hendrix.


'''...Depois de usar e abusar de sua primeira motocicleta, o jovem Duane Allman ficou empolgado com uma aquisição de seu irmão mais novo, Gregg – um violão Silvertone que se tornaria uma fonte de disputas entre os dois. A situação só foi resolvida quando Duane trocou uma sacola cheia de peças de motocicleta pelo seu próprio instrumento. Depois de passar para a guitarra e receber sugestões de seu irmão e do guitarrista prodígio local Jim Shepley (que o apresentou para a música de Jimmy Reed e B.B. King), Duane Allman se transformou em um aprendiz voraz. Sua intensa dedicação deu origem a um estilo afiado e pessoal. Ele formou o Escorts, o House Rockers, o Allman Joys, o Hour Glass e, por fim, o Allman Brothers Band, que apresentou ao mundo um novo som de blues rock com pitadas sulistas.

A fórmula poderosa do Allman Brothers – arranjos precisos, vocais cheios de sentimento (cortesia de Gregg) e improvisações explosivas com duas guitarras, órgão Hammond, baixo e duas baterias – foi imortalizada em quatro álbuns clássicos: The Allman Brothers Band, Idlewild South, Live at Fillmore East e Eat a Peach (além da caixa Dreams e uma série de materiais ao vivo lançados entre 1989 e 2003). Ao longo do caminho, Allman marcou para sempre a guitarra slide e foi convidado para tocar em diversos ótimos lançamentos – sua participação mais notável foi em Layla and Other Assorted Love Songs, de Eric Clapton e Derek and the Dominoes. Tragicamente, em 29 de outubro de 1971, Allman, no ápice de sua carreira, morreu em um acidente de motocicleta. Com o objetivo de lembrar e celebrar um dos mais poderosos estilos de guitarra que o mundo já conheceu, esta lição irá mostrar a você como reproduzir o som de Duane. Primeiro você tem de...

Criar e expandir suas raízes

Duane chegou ao panteão dos deuses da guitarra graças a muita inspiração e transpiração. Dedicado de corpo e alma à sua arte, Allman analisou profundamente álbuns de suas influências musicais. Mike Johnstone, um companheiro de quarto na academia militar que ambos serviram, lembra-se de Duane, descalço, tocando junto com um álbum de B.B. King. Segundo Johnstone, Duane parava e voltava o disco com o dedo do pé enquanto aprendia um lick, depois deixava o disco tocar até o próximo lick. Assim ele passava pelos dois lados do álbum, e repetia o processo por horas a fio. O amigo e empresário Bill McEuen descreveu Allman como “totalmente ligado aos licks. Ele podia escutar uma frase e dominá-la em meia hora. Quando Duane tocava guitarra, ele era parte da música... Interpretava visualmente a obra, como John Lee Hooker ou Jimi Hendrix”. As várias influências de Allman incluíam Albert King, T-Bone Walker, Slim Harpo, Robert Johnson, Blind Willie Johnson, Hank Garland, Chet Atkins, Kenny Burrell, Chuck Berry, Yardbirds com Jeff Beck, Jimi Hendrix, Eric Clapton, Robbie Robertson, Miles Davis e John Coltrane – um grupo extenso e diverso.

Ter boas máquinas


Infelizmente, hoje seria preciso uma fortuna para remontar a coleção de guitarras vintage de Allman. Sua primeira máquina foi uma Gibson Les Paul Junior vermelha de 1959, mas Allman logo partiu para uma Fender Telecaster com braço de Stratocaster, uma Gibson Les Paul goldtop de 1957, uma Gibson SG de cerca de 1961 (usada para slide), uma Gibson ES-335 sunburst (fabricada entre 1958 e 1962) e, por fim, uma Gibson Les Paul marrom sunburst de origem indeterminada, adquirida em junho de 1971. Embora uma de suas primeiras guitarras tenha sido uma Stratocaster 56 ou 57 bastante modificada, Allman nunca modificava seus equipamentos. Seu violão favorito era um Gibson L-00 pré-Guerra e, para gravações, Allman utilizava uma Stratocaster 1961 com acabamento sunburst de três tonalidades.

Abastecer a caixa de ferramentas

Allman começou com um amplificador Vox Super Beatle com seis alto-falantes de 10” e duas cornetas, depois trocou por um Fender Twin Reverb. No Allman Brothers, Duane usava dois cabeçotes Marshall de 50 watts com duas caixas Marshall 4x12 equipadas com falantes JBL D-120F. Ele também utilizava um sistema de P.A. Vega em algumas apresentações. Para gravações, contudo, Allman ainda preferia um Twin Reverb com falantes JBL. No início, ele tinha também um Maestro Echoplex. Mais tarde, popularizou os frascos de Coricidin ao fazer deles seus slides preferidos.

Ter alegria de viver

Seja no palco, no estúdio ou apenas pescando, Duane Allman era uma pessoa feliz, que vivia a vida intensamente. Seu epitáfio em sua sepultura, escrito por ele mesmo, revela seu modo de viver: “Adoro estar vivo e serei a melhor pessoa que posso ser. Receberei amor onde quer que eu o encontre, e o oferecerei para qualquer um que o quiser... procurarei conhecimento dos mais sábios... e ensinarei aqueles que desejam aprender de mim”. Sempre pronto para ajudar um amigo em necessidade, as colaborações musicais de Allman muitas vezes se estendiam muito além do seu dever. Um caso: quando Eric Clapton estava encalhado em uma introdução para as gravações do álbum Layla. Duane foi para uma outra sala e retornou pouco tempo depois com um presente para seu amigo: o riff de abertura da faixa-título. Aquelas sete notas ajudaram Allman a assegurar um lugar permanente na história do rock (sua parte de slide na música também não prejudicou em nada!)

Afiar suas garras

Além de ter tocado com o Allman Joys and the Hour Glass, Duane afiou suas garras como músico de estúdio. Ele gravou com Wilson Pickett, Aretha Franklin, King Curtis, Delaney and Bonnie, Ronnie Hawkins, Clarence Carter, John Hammond, Boz Scaggs, Herbie Mann e outros artistas documentados em Duane Allman: An Anthology Volumes 1 & 2, de 1972. O talento de Allman e seu estilo sulista o mantiveram ocupado por toda a sua carreira. Para entender de onde veio a música de Duane, você precisa ter na manga alguns truques à la Cropper, Mayfield e Hendrix, como texturas de quartas, passagens de hammer-ons e pull-offs e sextas quebradas (Ex. 1). Aqui, Allman evita colisões com o vocalista, deixando o tempo 1 aberto em cada compasso da simples progressão I-V-V7-I na tonalidade de F#.'''
(Duane Allman Publicado em: 05.09.2007 Por: Jesse Gress - Veja a matéria completa na Guitar Player nº137)

 Equipment
 Allman Joys, Hour Glass

Fender Telecaster, modified with a Stratocaster neck.
Vox Super-Beatle amplifier, with 6 10-inch speakers and two horns.
 Early session work
1954 Fender Stratocaster, used on the Muscle Shoals Sound Studio studio sessions, now at the Hard Rock Cafe in London at the Vault.
Dallas Arbiter Fuzz Face, which used old 9V batteries because "they make a special sound."
Fender Twin Reverb with JBL speakers.
Maestro Echoplex.
 Allman Brothers Band, "Layla," later session work
1958-1962 Gibson ES-345 Semi-hollow body (first album)
1957 Gibson Les Paul Standard goldtop, serial no. 7 3312, probably bought in Gainsville, Florida. Allman traded the guitar in September 1969 (minus the pick-ups); in 2001, it was identified by the serial number and a distinctive inlay at the 15th fret. This is probably the guitar Allman used to record "Layla."
1959 Gibson Les Paul Standard cherry sunburst, acquired in September 1969 by Allman from Rick Stine, guitarist for Stone Balloon; Allman traded his Les Paul goldtop, $200, and a 50-watt Marshall head for the Les Paul Standard.
1958 Gibson Les Paul Standard tobacco sunburst
1961 Gibson SG, used for slide, formerly belonging to Dickey Betts; the SG's double-cutaway allowed for easier access to the higher frets often used in slide playing.
1961 Fender Stratocaster (for session work).
Marshall 50-watt head, two Marshall 4x12 cabinets with JBL speakers.
Fender Champ combo amplifier ("Layla")
 Other
Gibson L-100 acoustic guitar
Fender Rock N' Roll 150 strings (Hour Glass)
Coricidin medicine bottle (slide)

DUANE ALLMAN
DISCOGRAPHY


  "One record producer has said the guitarist had a habit of unexpectedly showing up and sitting in on sessions,
playing on a number of recordings for which he has received no credit to the present day -
thus making a complete discography of Duane Allman virtually impossible"

from: 'Skydog - The Duane Allman Story' by Randy Poe, page 267
Backbeat Books, 2006
(http://www.duaneallman.info/duanediscography.htm).................
 
**********************************************************************************

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

ROCK & ROLL HALL OF FAME CONCERTS - THE 25TH ANNIVERSARY


ROCK & ROLL HALL OF FAME CONCERTS - THE 25TH ANNIVERSARY
Madison Square Garden (New York) em 29/30 Out 2009.

Para as próximas duas noites, Madison Square Garden, em Nova York será o epicentro do Rock N Roll, de uma forma que nunca aconteceu antes. y: Laura Ingle)
O Rock N Roll Hall of Fame 25th Anniversary Concert tem sido descrito como um dos maiores eventos de música ao vivo sempre juntos - um show tão grande, que levará duas noites cheias de bloqueio para comemorar. Os maiores artistas na indústria irá contar a história do Rock N Roll através de sua música, traçando a história do gênero através da música de outros artistas que inspiraram. A mostra, contará com Bruce Springsteen ea E Street Band, U2, Paul Simon, Metallica, Jeff Beck Band, Aretha Franklin, Stevie Wonder, Crosby, Stills, Nash and Friends, Simon and Garfunkel e muito mais. Cada banda tem a sua própria lista de A-dos performers convidará ao palco para executar é definido. Hoje à noite, Stevie Wonder, irá tocar melodias com Smokey Robinson e John Legend. Outra programação super star para a primeira noite; Crosby, Stills, Nash com Bonnie Raitt, James Taylor, BB King e Jackson Browne. Amanhã, o Metallica vai tocar com Ozzy Osbourne.
A equipe que juntar os 2 dias de evento também é bastante impressionante. Joel Peresman, o CEO da Rock N Roll Hall Of Fame puxado na equipe de criação do ator Tom Hanks, seu parceiro de produção Gary Goetzman, singer-songwriter Robbie Robertson, e Academy Award winning-roteirista Cameron Crowe para produzir e filmar o evento para HBO.
Assim realeza do rock muito tempo, tão pouco, é suficiente para fazer girar a cabeça. Volte-se com este blog Liveshots, e na cena - você vai ver por trás das fotos cenas como só uma bastidores deste tipo irá lhe trazer.(October 29, 2009 - 5:39 PM

Bruce Springsteen é o mais conhecido para o poder evocativo de suas composições, que golpeou uma corda com seus ouvintes dedicada desde sua estréia no início dos anos setenta. Springsteen restaurado uma nota de urgência e de realismo para o rock and roll e paisagem foi introduzido como um artista solo em 1999.
Bruce Springsteen fileiras ao lado de rock, e figuras como roll Chuck Berry, Elvis Presley, The Beatles e Bob Dylan. Assim como os artistas em forma de música popular, Springsteen serviu como uma figura central na sua evolução com a sua ascensão à fama em meados dos anos setenta.
Logo no início, ele foi apresentado como um dos vários herdeiros de Bob Dylan manto. Todos esses pretensos "Dylans novo" - que também incluiu Loudon Wainwright, John Prine e Elliott Murphy - subiu acima do hype, mas Springsteen mais subiram, elevando-se à fama com a energia desenfreada de seus shows ao vivo com a E Street Band , o poder evocativo de suas composições, ea conexão direta com ele forjou seus ouvintes. Springsteen levantada rock and roll do seu marasmo início dos anos setenta, dando continuidade e renovação em um ponto quando era precisa muito de ambos. Durante uma década em que disco, glam-rock, heavy metal, e arena-rock desde as diferentes formas de fuga para a fantasia, Springsteen restaurado uma nota de urgência e de realismo para o rock and roll paisagem.
Cada álbum meticulosamente trabalhada desde a sua estreia de 1973, Greetings from Asbury Park, NJ, tem servido como um pulso-alfabetizados, tendo a sorte de uma geração. Ele se oferece como um "prisoner" da música que ele ama, e cada concerto foi tocada como se pudesse ser o último.

************************************************************************

Stevie Wonder foi um ícone da música de inspiração desde sua estréia na Motown Records em 11 anos de idade. R Ele é famoso por seu uso de tecnologia de ponta sintetizador, mudanças de acordes sofisticados e funky & B, jazz, reggae e ritmos. Um verdadeiro pioneiro musical cuja música nunca está longe de sua espiritualidade e perspectivas humanitárias, Wonder foi introduzido no Rock and Roll Hall of Fame em 1989.
Stevie Wonder foi o menino de ouro da Motown. Em seus mais de 30 anos na Motown, Wonder foi um ícone musical: em primeiro lugar, como uma criança prodígio, em segundo lugar, como um homem jovem com uma alma, amadurecendo e talento multifacetado e, finalmente, como um adulto dirigido pelo desafio de realizar sua cada vez mais profunda visão interior. Ao longo de sua carreira, Wonder foi um verdadeiro pioneiro musical, cujo trabalho tem abraçado influências tão diversas como o reggae eo jazz.
Ele criou a música que soava assustadoramente fresco nos anos setenta por tecnologia de dobra sintetizador para a sua própria funky, termina visionário. Um verdadeiro filho dos anos sessenta, a música Wonder idealista manteve-se inseparável de sua espiritualidade e perspectiva humanitária. Ao longo dos anos ele tem sido um defensor de causas cometidas vão desde o movimento anti-apartheid para a defesa em nome das crianças cegas e com problemas mentais.
 
*********************************************************************

As harmonias requintadas deste duo suavizado ressoou como um dos sons quintessência da década de sessenta. Como sua marca alfabetizados de folk-rock conectado com os ouvintes de todo o espectro de idade, Simon & Garfunkel foram introduzidos no Rock and Roll Hall of Fame em 1990.
As harmonias dulcet de Paul Simon and Garfunkel Art permanecer um dos sons mais queridos da década de sessenta. A música feita pelo Forest Hills, Nova York, os nativos foi alimentado por um amor recíproco que era o rock and roll e uma busca de inspiração para além das fronteiras convencionais de folk e pop. Simon and Garfunkel teve um folk-rock com o hit "The Sound of Silence", uma das canções angular de 1965 com o seu Urbano, letras poéticas e astuto mistura de folk e elementos do rock.
O duo, meticuloso estudioso subiu às alturas inédito para os artistas populares com os álbuns Bookends e Bridge Over Troubled Water, bem como suas contribuições para a trilha sonora do filme The Graduate. Depois de Simon e Garfunkel cisão de 1970, os dois homens entraram na nova década como artistas solo. Garfunkel tendia para adultos-pop orientada, enquanto Simon escreveu e gravou irónico, revolta-cheia de canções temperada com toques étnicos. Em 19 de setembro de 1981, Simon and Garfunkel reunidos para um show gratuito ao ar livre diante de uma multidão de 400.000 no Central Park de Nova York. Desde então, eles têm reunido periodicamente ao longo dos anos. Mais recentemente, a dupla anunciou uma turnê no Japão, Austrália e Nova Zelândia para Junho / Julho de 2009.

************************************************************************

Paul Simon, como um artista solo, teve uma extraordinária carreira notável para acuidade lírico, musicalidade impecável, e estilístico ousado. Ele foi introduzido no Rock and Roll Hall of Fame, pela segunda vez, honrando seu trabalho solo, em 2001.
Paul Simon está entre as songsmiths mais erudito e ousadia na música popular. Após a dissolução da Simon and Garfunkel, em 1970, Simon embarcou em uma carreira solo fértil que foi notável para a acuidade lírico, musicalidade impecável e estilístico ousado. Enquanto Simon and Garfunkel trabalhou em grande parte (mas não exclusivamente) na expressão popular, Simon artista a solo vagueou sempre que sua musa deu-lhe - e que tem, literalmente, significa todo o mundo. Inclinado a honra fronteiras artificiais quando se trata de música e cultura, Simon misto-lo desde o início. Ele explorou e interpolados doo-wop vocais, coros gospel, bandas de música de Nova Orleães, os músicos de jazz da Costa Oeste, os ritmos do reggae, melodias folk peruana e mais eclético primeiros álbuns. Sua música, infalivelmente, acena para o exótico, sem se afastar do familiar.
Como letrista, ele pode ser um divertido, observador, por vezes, doloroso da condição humana. Simon habilmente esculpe suas canções até soam tão fácil que eles desmentiram seu artesanato cuidado. Entre as linhas, a sua fusão multicultural reforça a noção de que a música é uma linguagem universal que se eleva acima da política. Ele também ajudou a abrir os ouvidos do público em massa para as formas maravilhosas de música que estava para além das fronteiras de sua casa. Ao longo de três décadas, Paul Simon tem aproveitado para o motherlode misteriosa da criação musical com paciência e humildade.

************************************************************************

Um supergrupo discreto, Crosby, Stills, Nash teve um e três únicas da mistura vocal que contribuíram para o singer / songwriter movimento nos anos setenta. Enfatizando a harmonia em seu canto e composição, a CSN foi introduzido no Hall of Fame em 1997.
Crosby, Stills & Nash permaneceram experiência mais longa da América funcionando em harmonia vocal e relevância social. O trio trouxe harmonia para a vanguarda da música popular com suas três únicas da mistura vocais. Um supergrupo discreto, destacou-se a cantar e compor, acima de tudo, e seu exemplo contribuíram para a evolução do cantor / compositor movimento nos anos setenta.
Nascidas fora do grupo conhecido que colocou um prêmio em harmonia, Crosby, Stills & Nash vangloriou impressionantes credenciais individuais antes que eles se uniram em 1969. David Crosby cantava e tocava guitarra com The Byrds. Stephen Stills foi um dos pilares da Buffalo Springfield. Nash, desde as harmonias elevadas que ajudaram a tornar sensações pop do Hollies Grã-Bretanha. Mesmo com essas alianças estimável antes, Crosby, Stills & Nash se tornaria o seu auge como músicos.
Particularmente no seu primeiro álbum clássico, a CSN ajudou a conduzir a um rock mais contemplativa, song-oriented lugar, e eles fizeram referência ao que eles fizeram (devido ao uso freqüente de instrumentos acústicos) como "música de madeira." Ao fazer isso, eles ajudaram a preparar o caminho para o sucesso de espíritos afins, como Joni Mitchell, James Taylor e Jackson Browne.

***********************************************************************

Ao longo dos últimos trinta e três anos, poucas bandas tiveram um maior impacto na música popular do U2. O quarteto irlandês rapidamente transcendeu as suas raízes do punk rock, abraçando novos estilos e sons, e acabou tocando para estádios embalado. Introduzido em 2005, o U2 se tornou um dos mais socialmente e espiritualmente conscientes bandas fazendo música de hoje.
Desde o início, o U2 foi uma banda em uma missão. Com cada álbum e concerto, o quarteto irlandês tem se esforçado para criar música de valor duradouro e substância. Melhor trabalho do U2 - que inclui War (1983), The Joshua Tree (1987), Achtung Baby (1991) e All That You Can't Leave Behind (2000) - destacam-se como verdadeiros clássicos do cânone rock.
Em última análise, o que está definido para além U2 é a paixão visionário do vocalista Paul "Bono" Hewson e música do grupo, que mistura a energia visceral do rock com atmospherics artística. Tendo subido a proeminência na década de oitenta - um momento em que o status de ícone do rock stars era rotineiramente desafiados por punks céticos e Wavers Nova - U2 conseguiu tornar-se um estádio de enchimento fenômeno sem sacrificar a sua credibilidade. Enquanto muito mudou, as coisas importantes permaneceu o mesmo: U2 composto pelos mesmos quatro músicos, ainda segurando firmemente princípios e fazer música inspiradora um quarto de século depois de seu começo humilde em uma escola de Dublin alta.
 
***************************************************************************

  Aretha Franklin foi a primeira mulher a ser introduzido no Hall of Fame em 1987. O indiscutível "Queen of Soul", ela é uma cantora de grande paixão e controle, fundindo suas raízes gospel com smooth jazz e R & B licks que catapultou-a a ser um dos artistas mais influentes e importantes para definir o rock and roll.
Aretha Franklin é o indiscutível "Queen of Soul" ea primeira mulher introduzido no Rock and Roll Hall of Fame. Ela é uma cantora de grande paixão e controle cuja melhores gravações de definir o termo soul music em toda sua glória, profundamente expressivo. Atlantic Records como co-fundador Ahmet Ertegun observou: "Eu não acho que não há ninguém que tenho conhecido que possui um instrumento como o dela e que tem como fundo uma profunda em gospel, do blues e da black music-expressão essencial ... Ela é abençoado com uma combinação extraordinária de sofisticação urbana marcante e do blues profundo sentimento que vem do Delta. O resultado é talvez a maior cantora do nosso tempo. "
Maior triunfo Franklin - e um marco duradouro na música popular - foi  "Respect." Sua reformulação fervoroso da Otis Redding número encerrou agora pode ser visto como um voleio no início do movimento de mulheres. Como medida de seu impacto, Aretha Franklin tem um mapa mais singles Top Forty - quarenta e cinco no total, desde 1961 - do que qualquer outro artista do sexo feminino. 
 
*************************************************************************

  Nenhuma banda tem assomava maiores, abalaram mais pesado, durou mais raiva ou empurrado os limites além do Metallica. Introduzido no Rock and Roll Hall of Fame deste ano, têm influenciado inúmeras bandas e artistas do passado e do presente com os seus "heavy thrash metal" de som.
Metallica é a banda de heavy metal mais bem sucedidas do último quarto de século. Linha do Metallica consistia de baterista Lars Ulrich, guitarrista, vocalista James Hetfield, eo guitarrista Kirk Hammett, bem como a atual baixista Robert Trujillo. Os primeiros lançamentos do Metallica incluíam andamentos rápidos, instrumentais e musicalidade agressiva que os colocou como um dos "quatro grandes" do subgênero thrash metal juntamente com Slayer, Megadeth e Anthrax.
A banda ganhou uma crescente base de fãs na comunidade de música underground e aclamação da crítica com o lançamento de 1986 Master of Puppets, descrito como um dos mais influentes e "pesados" álbuns de thrash metal. A banda alcançou um substancial sucesso comercial com o seu auto-intitulado álbum de 1991, que estreou em primeiro lugar na Billboard 200. Com este lançamento a banda expandiu sua direção musical, resultando em um álbum que recorreu a um público mais mainstream. 

*************************************************************************

Eric Clapton desiste de tocar em NY por problema de saúde
NOVA YORK (Reuters) - Eric Clapton desistiu de apresentar-se no grande concerto nesta semana em Nova York porque fará uma cirurgia para retirada de cálculos biliares, anunciaram organizadores do evento na segunda-feira.
Enquanto isso, a participação de Bruce Springsteen era incerta porque o roqueiro cancelou repentinamente um concerto que faria em Kansas City na segunda, devido à morte de um ente querido.
O comunicado dos organizadores diz que Clapton, 64 anos, "vai passar o tempo recuperando-se em sua casa no Reino Unido e lamenta decepcionar os fãs e o Hall da Fama do Rock and Roll".
O comunicado diz ainda que o restante do itinerário da turnê de Clapton continuará igual.
O guitarrista deveria tocar no Madison Square Garden na sexta, na segunda de duas noites de show para comemorar o 25o aniversário do local.
The Jeff Beck Band terá slot de Clapton, os organizadores do concerto anunciado hoje.
********************************************************************************

U2 - vai fazer show gratuito na Alemanha antes do Europe Music Awards


Quem por acaso estiver em Berlim, na Alemanha, na semana que vem pode aproveitar para conferir um show do U2 na faixa.
A banda irlandesa fará uma apresentação gratuita em frente ao Portão de Brandenburgo, em Berlim, no dia 5 de Novembro. No mesmo dia acontecerá o MTV Europe Music Awards, premiação da rede de TV MTV voltada para a música européia.
A premiação vai acontecer quatro dias antes do aniversário de 20 anos da queda do muro de Berlim, que dividia a Alemanha em duas nações.
 
MTV Brasil transmitirá o EMA 2009 ao vivo!!!
FONTE: U2BR. http://www.u2br.com/portal/node/9999656
--------------------------------------------------------------------------------
Duff - Posted on 28 outubro 2009


'''Como já noticiamos aqui, o U2 fará uma apresentação histórica durante o MTV Europe Music Awards, em Berlin. A filial brasileira transmitirá o evento, veja o comunicado:
A MTV Brasil transmite na quinta-feira, dia 05/11, o EMA 2009. Direto de Berlim, na Alemanha, vamos conferir a premiação da MTV Europa que dessa vez terá 2h30 de duração.
Pelo segundo ano seguido, a apresentação do EMA vai ficar nas mãos da cantora Katy Perry. A escalação de shows está forte como sempre: Foo Fighters, Green Day, Jay Z, Tokio Hotel, Shakira, Robbie Williams, Leona Lewis e Lady Gaga. Lady Gaga é, inclusive, líder de indicações no EMA junto com Kings Of Leon. Eles concorrem em cinco categorias.
Aqui nos estúdios da MTV Brasil, Marina Person e Didi vão aparecer ao vivo durante o EMA para comentar tudo o que acontecer durante a premiação. Didi também vai fazer um Live Blogging no Portal MTV, dando seus pitacos minuto a minuto.
Para saber mais sobre o EMA, ficar por dentro das novidades, ver fotos e filmes, votar nas categorias e participar da enquete do EMA, é só entrar na página especial no Portal MTV: mtv.com.br/ema
EMA 2009
05/11, 18h00, AO VIVO'''
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------